Regina Duarte | Como encontrar um bom livro para ler?

Regina Duarte | Como encontrar um bom livro para ler?
Spotify
Apple Podcasts
Whatsapp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
RSS
Ouvir no telemóvel

Ai que prazer
Não cumprir um dever,
Ter um livro para ler
E não o fazer!

Fernando Pessoa

Assim cantava Fernando Pessoa no poema “Liberdade.

Logo ele que tantos livros escreveu e muitos mais leu.

Uma ironia. Uma vibrante contradição. Uma provocação. Um exercício de questionamento e prazer como são todos os poemas. Como são todos os livros.

Os livros oferecem uma comunicação em diferido, mas presente. O Escritor escreve. Escreveu lá atrás, algures no tempo. Mas a leitura é reescrita. Cada um de nós reescreve o livro no tempo presente.

Os livros são mágicos. Os grandes livros provocam orgasmos mentais.

Pelo menos.

Todos os grandes livros abrem portas a universos que nunca imaginamos. São portas que nunca mais se fecham. E os salões do nosso baile mental são cada vez maiores, com mais gente, com mais personagens, com mais histórias, com mais vida.

De tudo isto vem o desassossego, a angústia, as perguntas, o espelho perante a condição humana, as lágrimas e as epifanias.

Quando se lê um grande livro é como se o universo se expandisse. Não como descrito nas ideias de Einstein, mas como desenhado na nossa cabeça pelos poetas maiores.

A fechar, uma nota pessoal. Este é um episódio onde quero agradecer-vos. Não só porque ouvem o programa. Porque subscreveram. Porque são parte da comunidade que quer comunicar melhor.

Mas porque o Spotify, sim, o Spotify, o gigante distribuidor de música e ‘podcasts’ acaba de me informar que o Pergunta Simples está no restrito grupo dos 10% mais partilhados pelos ouvintes, no mundo.

O que me enche, mais do que de orgulho, de gratidão.

Este reconhecimento é vosso, ouvintes que partilharam o programa. Obrigado.

Um comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *