Nelson Pereira

Nelson Pereira

Mergulhamos na urgência dum grande hospital em tempos de pandemia para saber como se comunica com os doentes.

Salvar muitos e, às vezes, anunciar que vão morrer.
O médico Nelson Pereira dirige a equipa das Urgências do Hospital de S. João no Porto. Cabe-lhe usar a palavra para organizar a equipa e animar todos em tempos de pandemia.

Como se diz a um doente. A uma pessoa, que ela vai morrer dentro de muito pouco tempo?
E como enfrenta isso todos os dias um médico treinado para nos salvar?
No meio da urgência dum grande hospital Nelson Pereira coordena a uma equipa altamente treinada para responder aos casos mais difíceis que entram a qualquer momento pela porta da emergência.
E a linha entre a vida a morte é fina e depende muito do saber dessas pessoas.
Mas sobre o processo técnico de diagnosticar, tratar, curar, medicar,
Fotografar com tudo: do RX à Ressonância, da TAC às análises de sangue , há o lado humano.
E aqui a chave é a comunicação.
O diagnóstico é seguramente um processo de audição cuidada. Do corpo, da dor, da expressão do doente. E falar falar para ele. Desejando clareza e honestidade .
Tudo a mil à hora.
Talvez seja por isso que o médico do centro das urgência deseja que o dia seja rotineiro.
Prenúncio de ter a situação sobre controlo.

Partilhar:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.